(51)  3371.6200       99388.4440

(51)  3464.0076

Responsável Técnico:
Dr. Luciano Zuffo
CRM-RS:  26798 / RQE 23181

(51)  3371.6225       99167.0593

Estacionamento no local

(51)  3783.8065       99167.2901

(51)  3191.9607

BLOG

Urologia: Sabia mais sobre infertilidade masculina ou conjugal

Este é um assunto muito sério e o problema atinge cerca de 80 milhões de pessoas em todo o mundo. De acordo com a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, um casal é considerado infértil se, após um ano de tentativas sem o uso de nenhum método anticoncepcional, não consegue engravidar. Em cerca de 30% dos casos, a infertilidade é causada apenas por fatores masculinos, enquanto que em 20% as causas são combinadas.

 

Para tentar engravidar, o casal deve manter intercurso sexual a cada dois dias no período ovulatório e peri-ovulatório, para garantir a presença de espermatozoides móveis nas trompas uterinas.
Muitos fatores podem causar a infertilidade e devem ser observados e investigados pelo médico especialista, como a idade do casal, duração da infertilidade, história prévia de gravidez, métodos contraceptivos que foram utilizados no passado, frequência e período do ciclo menstrual das relações sexuais, entre outros.

 

Causas
Entre as causas evitáveis do problema estão: tabagismo; consumo excessivo de álcool; uso de drogas e esteroides anabolizantes; contato com pesticidas e produtos químicos industriais presentes em produtos plásticos (p. ex. Bisfenol A ou BPA); uso de finasterida para tratar calvície; quimioterapia e radioterapia, entre outros.
Esses agentes externos atuam nos testículos ou no sistema nervoso central gerando alteração da produção de espermatozoides. É importante manter dieta e estilo de vida saudáveis.

 

Tratamentos
Somente um médico urologista pode avaliar e realizar o tratamento de um paciente infértil, não só para melhorar os resultados de uma eventual fertilização in vitro, mas também para permitir a concepção natural do casal. Pacientes com falência testicular decorrente do uso de drogas, esteroides e quimioterapia podem se beneficiar do uso de medicações indutoras da espermatogênese, como o hCG e o FSH recombinante.
Alguns medicamentos podem melhorar os parâmetros seminais e o perfil hormonal de pacientes obesos com elevados níveis de estrogênio. Em casos em que o tratamento clínico não é suficiente para a concepção, a reprodução assistida pode ser utilizada. Nos casos mais complexos, a ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozoides) pode ser a solução para aqueles homens que apresentam defeitos na motilidade e/ou concentração de espermatozoides.

 

Fonte: Portal da Urologia - SBU

 

Consulte um urologista. Na São Pietro Saúde temos ótimos especialistas em Urologia e possuímos um Pronto Atendimento Urológico. Fica aqui em Porto Alegre. Será uma alegria te atender. Contate-nos!

Please reload

CAPA - REVISTA MAIL3.jpg
Posts em destaque

Traumatologia - Artrose: O que é, Sintomas, Causas e Tratamento

30/11/2017

1/10
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga nossa fanpage
  • Grey Facebook Icon

CLIQUE AQUI 

e faça o download da versão online da Revista São Pietro News!